» » Mais de mil pessoas se aglomeram na Feira do Rolo e operação conjunta realiza desarticulação

Foto;Reprodução
Com o intuito de coibir a disseminação do coronavírus em Salvador, evitando aglomerações, a Prefeitura realizou neste domingo (19) uma operação para desarticular o comércio irregular na chamada Feira do Rolo, na Avenida Afrânio Peixoto (Suburbana). A operação foi realizada pela Secretaria de Ordem Pública (Semop), com apoio da Guarda Civil Municipal (GCM) e da Polícia Militar da Bahia (PM-BA).
A aglomeração na feira tem ocorrido mesmo durante este período de isolamento social imposto para frear os casos da Covid-19 na capital. Aproximadamente 1,5 mil pessoas estavam aglomeradas neste ponto de comércio irregular hoje. A força tarefa contou com a participação de aproximadamente 80 profissionais da Semop e ainda com auxílio de seis carros e dois caminhões.
Com o intuito de coibir a disseminação do coronavírus em Salvador, evitando aglomerações, a Prefeitura realizou neste domingo (19) uma operação para desarticular o comércio irregular na chamada Feira do Rolo, na Avenida Afrânio Peixoto (Suburbana). A operação foi realizada pela Secretaria de Ordem Pública (Semop), com apoio da Guarda Civil Municipal (GCM) e da Polícia Militar da Bahia (PM-BA).
A aglomeração na feira tem ocorrido mesmo durante este período de isolamento social imposto para frear os casos da Covid-19 na capital. Aproximadamente 1,5 mil pessoas estavam aglomeradas neste ponto de comércio irregular hoje. A força tarefa contou com a participação de aproximadamente 80 profissionais da Semop e ainda com auxílio de seis carros e dois caminhões.
Como resultado da ação, foram realizadas aproximadamente 20 apreensões de itens como pedaços de peças e equipamentos de veículos, partes de bicicletas, materiais de cozinha e acessórios de vestuário. Os materiais apreendidos foram encaminhados para o pátio da Semop.
De acordo com o diretor de Serviços Públicos da Semop, Adriano Silveira, a operação terá continuidade até que o comércio seja totalmente desarticulado. “Pretendemos continuar com essa operação. Essa feira não vende alimentos e nem materiais de primeira necessidade. E ainda tira a mobilidade que quem transita no Subúrbio. Não podemos permitir que aconteça neste momento”, destacou.
Adriano Silveira reforçou que a Prefeitura vem fazendo sua parte com medidas que protejam a população da Covid-19, tanto que tem obtido o reconhecimento da maior parcela da população, que aprova as medidas, “mas é necessária a conscientização e colaboração de todos para que possamos enfrentar o período com os menores dados possíveis”.
Para o diretor de Segurança Urbana e Prevenção a Violência da Guarda Civil, Maurício Lima, “o período em que estamos vivenciando requer cuidados e é necessário evitar qualquer tipo de aglomeração”. “Sabemos que essa feira é cotidiana e que atrai grande número de pessoas. Porém, como é do conhecimento de todos, estamos em período de isolamento social e devemos evitar sair de nossas casas, conforme orientação dos órgãos de saúde”, acrescentou.IB

About www.conexao cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga