» » Trabalho operacional da Defesa Civil promove segurança à população

 A Defesa Civil de Camaçari, órgão vinculado à Secretaria dos Serviços Públicos (Sesp), durante os três anos e meio se manteve em alerta e de plantão para atender qualquer chamado de emergência. A Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil de Camaçari (Compdec) divulgou os trabalhos desenvolvidos no município entre janeiro de 2017 a abril de 2020. Neste período, mais de 4 mil ocorrências foram registradas, entre as ocorrências mais comuns estão queda de árvores e risco de alagamentos.
 O órgão é composto por 39 agentes e 50 salva-vidas, e trabalha com o suporte de máquinas, entre elas, uma ranger, uma van, dois carros pequenos, duas caçambas, duas pás carregadeiras, uma patrol motoniveladora, e equipamentos que estão disponíveis em sua base, a exemplo de carro-pipa, o que promove mais eficiência às operações.

 Os salva-vidas que assistem a costa estão distribuídos em 23 postos para atendimento. A base do grupo, localizada em Barra do Jacuípe, abriga equipamentos de ponta, a exemplo de Jet Ski, pranchas de longboard e boia flutuante. A sede da coordenadoria na orla passou por serviços de melhorias para oferecer ao grupo um local com a estrutura necessária para o desenvolvimento de um bom trabalho.


A Defesa Civil, que atua em ações preventivas e nos atendimentos às solicitações feitas pelo serviço 199, destaca ainda as principais situações assistidas pelos profissionais do órgão ao longo dos últimos anos, a exemplo das atuações em vistorias; visitas técnicas; no socorro de acidentes de trânsito envolvendo vítimas; limpezas de praias; casos de enchentes; resgates de animais; em situações assistenciais e reconstrutivas destinadas a evitar ou minimizar desastres, sejam eles de causa natural ou não, realizadas por meio do trabalho dos agentes, ou de forma conjunta, com o 10º Grupamento de Bombeiros Militar (GBM) e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).
Vazamento de gás, incêndio em residências e em vegetação, captura de abelhas, cobras, e outros animais, alagamento, desabamento, deslizamento de terra, risco de desabamento, doação de lona plástica, poda e corte de árvore, salvamento, afogamento fatal e advertido, queda de árvore, e vistoria em rachaduras, são exemplos de outros tipos de ocorrências que contam com apoio e suporte da coordenadoria.
Sendo uma atividade permanente, que busca garantir o direito à vida e reduzir a ocorrência de incidentes, a equipe da Defesa Civil passa por constantes cursos de capacitação e reciclagem, a fim de aprimorar conhecimentos e habilidades técnicas, tornando os profissionais aptos para qualquer eventualidade.


Entre os treinamentos estão os de suporte básico de vida; prevenção ao suicídio; primeiros socorros; condutas e diretrizes que norteiam a disciplina militar para o aperfeiçoamento do quadro de colaboradores; atendimento ao afogado; salvamento aquático; combate a incêndio na vegetação e predial; curso de captura de animais peçonhentos e marinhos; além de capacitação para atender pessoas vítimas de arma de fogo e/ou arma branca.

Visitas técnicas também fazem parte da rotina de qualificação das equipes da Defesa Civil, e durantes três anos e meio, o setor realizou diversas, dentre as quais, ao sistema de funcionamento dos equipamentos de meteorologia e estação de qualidade do ar; à sede da Cetrel e da Codesal, em Salvador; às barragens Joanes I e II e nas Barragens RS-1 e RS-2 (Reservatório de Segurança), para conferir a segurança e a integridade das estruturas, atendendo aos requisitos da Política Nacional de Segurança de Barragens; e ao Quartel Central do Corpo de Bombeiros do Estado de Santa Catarina, com a finalidade de aprimorar as experiências no trabalho de salvamento aquático.
Com o propósito de antecipar possíveis situações de perigo ou ameaça à saúde e integridade física da população, a Defesa Civil realizou simulados e treinamentos de emergência previsto pelo Comitê de Fomento Industrial de Camaçari (COFIC), em áreas vizinhas ao Polo Industrial de Camaçari, com propostas de preparar os moradores para agir com segurança em uma eventual emergência.
O órgão ainda desenvolveu e participou de projetos importantes para o município, como o Aula na Praça, que, através de demonstrações práticas e teóricas em diversos espaços públicos do município, abordou sobre o tema “Emergências Domésticas, o que fazer?”. Por meio dessa ação, moradores da sede e da costa aprenderam a lidar com tipos de fraturas, queimaduras, desmaio, parada cardíaca e vazamento de gás.
A Defesa Civil apresentou ao município o Plano Emergencial de Camaçari (PEMC), que contêm diretrizes e visa buscar soluções rápidas de forma coletiva com estratégias de grande escala para evacuação, através de um conjunto de ações preventivas e reconstrutivas, destinadas a evitar ou minimizar possíveis cenários de emergência na cidade.
Em abril de 2020, a prefeitura entregou uma nova sede à Defesa Civil. O equipamento possui instalações e passa a contar com uma estrutura adequada e que vai colaborar para que os agentes desempenhem seus trabalhos com qualidade crescente. A nova estrutura está localizada na sede da Limpec, situada no Loteamento Espaço Alfa, bairro Jardim Limoeiro. No projeto do local tem previsto salas de coordenação, técnica e de engenharia, call center, espaço de convivência, academia, dormitório, vestiário com banheiros e copa. A antiga sede, que funcionava no mesmo local, contava apenas com uma sala de coordenação e call center.
Além dos trabalhos descritos, o órgão presta apoio, com esquema especial, em grandes eventos da cidade, a exemplo do Festival de Arembepe, Camaforró e Lavagens.

About www.conexao cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga