» » Testagem rápida continua nas unidades de saúde

Uma das medidas de enfrentamento à pandemia da Covid-19 tem sido a testagem rápida como método de investigação sobre o avanço da doença no município, possibilitando o planejamento de ações de combate. A Secretaria da Saúde (Sesau) informa que o exame está acontecendo em todas as unidades de saúde em funcionamento nos Distritos Sanitários da Sede, Monte Gordo e Abrantes.

Para realizar o teste rápido é necessário que o usuário compareça ao posto munido de documentos de identificação, cartão do SUS municipal e atenda alguns pré-requisitos para que de fato tenha eficácia no resultado. Os critérios adotados por Camaçari são os mesmo adotados pelo Ministério da Saúde: população acima de 60 anos; gestantes; população economicamente ativa, dos 14 aos 59 anos, apresentando sintomas; e pessoas sintomáticas com doenças pré-existentes como a hipertensão e a diabetes;

Entre os pré-requisitos está o número de dias com sintomas, conforme explica o secretário da Saúde Luiz Duplat. “A própria bula do teste rápido pede que o paciente tenha um determinado número de dias que começou a apresentar os sintomas. Isso porque é necessário que o corpo produza anticorpos para combater o vírus e assim possam ser identificados no teste rápido. Se esse critério não for obedecido o teste vai dar um falso resultado”.

O gestor da Sesau explica ainda que caso o paciente vá a alguma unidade de saúde e não esteja dentro do período correto, ele já sai com o dia para realização do teste agendado. Duplat reforçou ainda que todas as unidades possuem o teste rápido, assim como nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), que também conta o exame RT-PCR, que é ideal para ser feito entre o terceiro e o sétimo dia de sintomas. Já o teste rápido o ideal é que seja após o oitavo dia. 

Ao chegar na unidade de saúde o usuário passará por uma triagem com o médico para definir a realização do teste rápido ou o agendamento. “Importante informar que nas UPAS e PAs a testagem rápida é apenas para pacientes em estado grave, que precisarão ser internados. Os demais usuários devem se dirigir às unidades de saúde”, concluiu Luiz Duplat.   

Agência de Notícias 

About www.conexao cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga