» » Camaçari: Pesquisa espontânea aponta que 41% dos eleitores ainda não decidiram o voto para prefeito (a)

Candidato a reeleição, o prefeito de Camaçari, Elinaldo Araújo (DEM), lidera a corrida eleitoral no município, com 47% das intenções de voto, de acordo com levantamento A TARDE/Potencial Pesquisa, realizado entre os dias 9 de 15 de setembro.

A pesquisa aponta larga vantagem do chefe do Executivo camaçariense sobre a segunda colocada, Ivoneide Caetano (PT), que tem 24%.

Depois, aparecem Oziel Araújo (PDT), com 5%, e Sócrates Magno (PSOL), Pedrinho de Pedrão (Avante) e Antônio Carlos Soares (PL), cada um deles com 1% das intenções de voto. Heckel Pedreira (Rede) não pontuou na estimulada.

Outros 10% responderam que não sabem em quem votarão e 11% disseram que vão anular ou votar em branco, enquanto 1% não quis responder. A pesquisa tem margem de erro de 4 pontos percentuais e nível de confiança de 95%.

O cenário vantajoso a Elinaldo se repete na pesquisa espontânea, quando não são apresentados os nomes dos candidatos ao eleitorado. O prefeito tem 31% das intenções de voto, contra 13% de Ivoneide e 4% de Oziel.

Ex-prefeito do município e marido de Ivoneide, Luiz Caetano foi citado por 3% dos entrevistados como opção de voto, enquanto Sócrates foi mencionado por 1% do eleitorado ouvido. Na pesquisa espontânea, 41% disseram ainda não ter decidido o voto.

 
 

Rejeição

Além de liderar com folga, tanto na estimulada quanto na espontânea, Elinaldo ainda tem a seu favor a menor rejeição entre os postulantes, de 37%, destaca Zeca Martins, diretor da Potencial Pesquisa.

Para o estatístico, esta combinação deixa o chefe do Executivo municipal "quase em céu de brigadeiro". "É só continuar o que está fazendo para conseguir uma reeleição com certa tranquilidade. Não tem evidência de que pode mudar alguma coisa", aponta.

A segunda menor rejeição é de Heckel, com 48%. O candidato da Rede tem também a maior taxa de desconhecimento, com 43% dos entrevistados respondendo que não o conhecem suficientemente para opinar.

Principal concorrente de Elinaldo, Ivoneide tem rejeição de 50% e somente 11% disseram não conhecê-la. Em seguida, na rejeição, aparecem Sócrates (51%), Antônio Carlos (56%), Oziel (61%) e Pedrinho de Pedrão (62%).

 

Recortes

Entre os segmentos pesquisados, seja por gênero, renda, nível escolar ou faixa etária, há vantagem do prefeito em relação à adversária em todos, com situação de empate técnico em somente dois deles: entre os mais velhos e com ensino superior completo. No grupo que tem 60 anos ou mais, Elinaldo tem 43% e Ivoneide, 37%. Já entre aqueles que concluíram o ensino superior, o democrata obteve 41%, ante 33% da petista, portanto no limite da margem de erro. "Ele tem uma aprovação e aceitação bastante grande em todos os perfis", afirma o diretor da Potencial, ao comentar o desempenho do prefeito na pesquisa.

Nos recortes por região, Elinaldo tem vantagem de 25 pontos percentuais sobre Ivoneide na sede (50% contra 25%) e 30 pontos no distrito de Abrantes (48% a 18%). No distrito de Monte Gordo, o prefeito tem 29% e Ivoneide, 27%, configurando também um empate técnico. No entanto, como lembra Martins, Monte Gordo é o distrito com menor proporção do eleitorado camaçariense, no qual foram realizadas apenas 10% das entrevistas.

Na pesquisa, o distrito de Abrantes é formado pelas localidades de Vila de Abrantes, Arembepe, Buris, Jauá e Areias. Já o distrito de Monte Gordo é constituído pelas localidades de Monte Gordo, São Bento, Barra de Pojuca, Gurajuba e Jacuípe.

Na sede, os bairros nos quais houve entrevistas foram 2 de Julho, Algarobas, Alto da Cruz, Alto do Triângulo, Bairro 46, Bairro Novo, Bela Vista, Bomba, Buri Satuba, Camaçari de Dentro, Centro, Ficam, Gleba A, Gleba B, Gleb C, Gleba E, Gleba H, Gravatá, Industrial, INOCOOP, Jardim Brasília, Lama Preta, Massaranduba, Monte Negro, Natal, Nova Aliança, Nova Vitória, Novo Horizonte, Parafuso, Parque das Mangabas, Parque Nascente do Rio Capivara, Parque Real Serra Verde, Parque Satélite, Parque Verde, PHOC 1, 2 e 3, Piaçaveira, Ponto Certo, Santa Maria, Sítio Verde, Verde Horizonte e Ponto Central.que iriam votar se a eleição ocorre neste momento.

Somente 12% afirmaram que não iriam aos seus locais de votação e 2% não responderam. Somados, são 14%, mesmo percentual de abstenção observado na cidade no último pleito municipal.

Em levantamento publicado na última semana por A TARDE, 74% do eleitorado de Feira de Santana disse que iria votar caso a eleição acontecesse hoje, 19% dos entrevistados afirmaram que não iriam e 7% não responderam ao questionamento. Na última eleição municipal, o índice de abstenção em Feira foi de 17%.


Município é conhecido como “Cidade Industrial”, por abrigar o Polo Industrial de Camaçari | Foto: Bitenka |

About www.conexao cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga