» » Comitê Escolar se reúne na Escola Fonte da Caixa


Dando prosseguimento às reuniões promovidas pelo Comitê Escolar, a Escola Fonte da Caixa recebeu, na tarde desta quarta-feira (28/1), membros da Secretaria da Educação (Seduc). O encontro visou integrar as contribuições da unidade de ensino à qualificação da oferta pedagógica disponibilizada pelo município para o ano letivo de 2021.

As reuniões do Comitê integram o projeto Mais e Melhor Educação: em Casa, instituído pela portaria nº. 06, de 30 de abril de 2020, publicada no Diário Oficial do Município de Camaçari n.º 1.411, em11 de maio de 2020. Ele é um programa construído em rede pelas 102 unidades escolares da educação infantil e do ensino fundamental I e II, de Camaçari. Tem o objetivo de viabilizar a aprendizagem e o desenvolvimento do educando dentro de uma rotina de estudos em casa, em função da emergência de saúde pública decorrente da Covid-19.

A secretária da pasta, Neurilene Martins, e representantes da Diretoria Pedagógica (DIPE) da Seduc participaram da reunião, que contou com cerca de 20 de profissionais, que desenvolvem atividades de natureza diversa dentro do contexto escolar.

Segundo Neurilene, o projeto Mais e Melhor Educação: em Casa instituiu-se num momento de insegurança generalizada. Para superá-lo, a Seduc destaca o papel crucial da disposição dos membros de cada comitê. Isso revelou tanto a humanidade quanto a potência pedagógica dos quais o projeto era portador.

“Nossa escuta de janeiro alcançou cerca de 200 profissionais da educação, e nove comitês escolares. Com o trabalho desenvolvido, três blocos de questões sobressaem a partir dessa realidade: o primeiro que envolve especificamente o pedagógico; o segundo relativo ao cuidado e à saúde emocional tanto de professores quanto de nossas crianças; e, por fim, questões que dizem respeito aos desafios tecnológicos”, declarou a secretária.

A gestora da escola, Laudicéia Rangel, ratificou o sucesso do projeto, sobretudo se considerado o currículo proposto a partir do contexto da pandemia. “A liberdade que a Seduc nos permitiu foi fundamental para atuarmos dentro da realidade que nós tínhamos, e com isso, hoje, temos a certeza do dever bem cumprido”.

Até o fim do ano letivo de 2020, que vai até fevereiro, a Seduc promoverá reuniões presenciais com toda a rede. Até o momento foram contempladas as escolas Helena Celestino Magalhães, no Gravatá; o Centro Integrado de Educação Infantil (CIEI) do Gravatá; a Giltônia Pereira de Souza, em Arembepe; a Professora Laurita Souza Ribeiro, no Centro; CIEI e o CAIC, ambos no Phoc I; e Joana Angélica, no Mangueiral; além do Centro Educacional Darcy Ribeiro, em Barra do Jacuípe.

Foto: Jean Victor



Agência de Notícias - Prefeitura de Camaçari

About www.conexao cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga