» »Unlabelled » Governo e Butantan devem assinar na próxima terça compra de mais doses da CoronaVac

Diretor do instituto, Dimas Covas, afirmou nesta sexta-feira (29) que governo federal manifestou interesse em lote com 54 milhões de doses do imunizante.

 Foto: Fotos Públicas

O governo federal e o Instituto Butantan deverão assinar contrato para compra de 54 milhões de doses da CoronaVac na próxima terça-feira (2). A informação foi passada pelo diretor do instituto, Dimas Covas, nesta sexta-feira (29).

“(…) hoje, alguns minutos atrás, eu recebi uma comunicação da pessoa responsável pelo departamento de logística do Ministério da Saúde, avisando que o contrato será assinado na terça-feira da próxima semana. É uma notícia que todos nós estamos aguardando e esperamos que se concretize na próxima terça-feira”, disse Dimas, segundo informações do G1.

Nos últimos dois dias, o diretor do Butantan se queixou do silêncio do Ministério da Saúde quanto ao interesse nas 54 milhões de doses. Dimas chegou a dizer que o lote poderia ser exportado para países que manifestaram interesse ou negociado diretamente com estados e municípios.

Conforme publicado no G1, o contrato para inclusão da vacina no Plano Nacional de Imunização prevê a compra de 46 milhões de doses da CoronaVac, com entrega prevista até 30 de abril, e previsão de solicitação de mais 54 milhões de doses. Pelo contrato, o Ministério da Saúde poderia manifestar interesse pelo segundo lote até 30 dias após a entrega de todas as doses do primeiro, ou seja, 30 de maio.

Apesar do estabelecido no contrato, Dimas Covas afirmou que era necessário um posicionamento do governo devido à alta demanda pela vacina e à necessidade de planejamento para garantir insumos.

“É apenas essa a questão. Não estamos pressionando de forma alguma, lembrando que essa é uma vacina mundial, não é só para o Brasil. É uma vacina para o mundo inteiro. Ela já está sendo usada em vários países, começa a ser usada ainda mais intensamente nesta semana no Chile, e então a demanda está muito aquecida e precisamos nos preparar”, explicou.

O Instituto Butantan produz no Brasil a vacina CoronaVac, desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac.G1



About www.conexao cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga