» » Justiça nega liberdade e prisão domiciliar a advogado suspeito de matar barbeiro no Imbuí

 Defesa do advogado ainda pode recorrer da decisão.

Foto: Divulgação

O advogado José Geraldo Lucas Junior, suspeito de ter assassinado o barbeiro Lucas Souza de Araújo a tiros em um bar no Imbuí, teve dois pedidos negados pela justiça.

A defesa pediu a liberdade de José e a prisão em regime domiciliar, entretanto as petições foram negadas pela juiza substituta Andreia Lima Sarmento Netto, do 1º Juízo da 2ª Vara do Tribunal do Júri.A defesa do advogado ainda pode recorrer da decisão. 

Eles alegaram falta de instalações de custódia de Sala de Estado Maior, referente ao privilégio de advogados.Entretanto, segundo petição da defesa, José está custodiado em sala na Polinter, em instalações condignas e separado dos demais detentos.

 Ele foi preso no dia 27 de janeiro, dois dias após a morte do barbeiro Lucas.

Tópicos: Imbuí

varelanoticias

About www.conexao cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga