» » Plano de retomada das atividades é apresentado às entidades do comércio durante reunião


Com a realidade imposta pela pandemia da Covid-19 e preocupado com o cenário para a economia do município, o prefeito Elinaldo Araújo teve um novo encontro nesta sexta-feira (19/3), com entidades representativas do segmento do comércio.

O objetivo foi apresentar o novo Plano de Retomada das Atividades Econômicas, que, segundo o gestor municipal, para ser implantado, precisa ter, pelo menos, 20% dos leitos ofertados pela rede pública municipal vagos.  Na ocasião, as explanações sobre o protocolo foram feitas pelo secretário de Governo, José Gama Neves, e os participantes tiveram a oportunidade de opinar e dar sugestões.

 

A diferença do novo protocolo, para o anterior, implantado na primeira fase da pandemia, com a reabertura das atividades em três fases distintas, é que o atual será implementado de forma gradual e escalonada para que todo o comércio volte aos poucos, mas que sejam todos ao mesmo tempo.

 

“Nesse momento de crise, em decorrência da pandemia da Covid-19, que está se estendendo pela economia, precisamos buscar unidade, caminhos e soluções para resolver as questões econômicas e, sobretudo, as sanitárias”, destacou o prefeito ao dizer ainda que torce para que, com a antecipação do toque de recolher, das 20h para as 18h, a partir de segunda (22/3) até o dia 29/3, medida que será decretada pelo governador Rui Costa, já na próxima consiga atingir a meta, para que possa implantar o protocolo de retomada da economia de maneira gradual”.

 

Na oportunidade, a diretora da Vigilância à Saúde da Secretaria da Saúde (Sesau), Alcione Vasconcelos, apresentou os dados sanitários sobre o cenário atual do município, no que diz respeito aos dados epidemiológicos, a ocupação de leitos, total de pacientes aguardando regulação, número de óbitos, de casos ativos, dentre outras informações.

 

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Camaçari, Pedro Reis, falou que foi para o encontro ciente de que a situação sanitária no município é muito grave. “A entidade que represento não tem nenhuma pretensão de defender a reabertura forçada do comércio. Queremos que a coisa aconteça de forma responsável e segura para todos, como está propondo a Prefeitura de Camaçari”, salientou.

 

Uma nova reunião ficou marcada para a próxima semana visando avaliar o cenário epidemiológico, diante das novas medidas restritivas, para também retomar as tratativas sobre a implantação do novo Plano de Retomada das Atividades Econômicas.

 Ainda participaram do encontro os secretários da Saúde, Elias Natan, do Desenvolvimento Econômico, Waldy Freitas, e do Turismo, Cristiane Bacelar, assim como o diretor-superintendente da Superintendência de Trânsito e Transporte Público (STT), coronel Alfredo Castro, e o presidente da Câmara de Vereadores de Camaçari, Júnior Borges.


O comandante do 12° Batalhão de Polícia Militar (BPM), o tenente-coronel André Luís Cunha Campos, além de representantes da 59ª Companhia Independente de Polícia militar (CIPM), da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Estado da Bahia (FCDL/BA), da Câmara do Jovem Empresário de Camaçari, do Sindicato do Comércio Patronal de Camaçari e Região (Sicomércio), da Associação Comercial e Empresarial de Camaçari (ACEC), e do movimento Camaçari Unida e Forte (CUF), também se fizeram presente na reunião. 


Agência de Notícias
Coordenadoria de Jornalismo e Imprensa
Diretoria de Comunicação - Prefeitura de Camaçari

About www.conexao cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga