» »Unlabelled » Seduc apresenta balanço dos 100 dias de gestão

O Mais e Melhor Educação: em casa norteou os primeiros 100 dias da gestão 2021/2024 da Secretaria da Educação (Seduc) de Camaçari. Através do programa, diversas ações foram realizadas, desde finalização do ano letivo 2020, com aulas remotas, a escuta de Comitês Escolares, as Escolas Formadoras e a Jornada Pedagógica 2021.

No período, foram realizadas diversas escutas dos Comitês Escolares, que eram reuniões com o objetivo de integrar as contribuições das unidades de ensino à qualificação da oferta pedagógica disponibilizada pelo município para o ano letivo de 2021. Para a troca dessas experiências, ocorreram as Escolas Formadoras, de forma on-line, para que as escolas aprendessem e inspirassem as outras.

Logo no início do ano foi lançado o edital de credenciamento para entidades e instituições educacionais comunitárias. Com isso, serão ampliados os números de entidades conveniadas e, sobretudo, as vagas ofertadas, que sairá de 1.500 crianças atendidas para 3 mil, ou seja, a ampliação será de 100%.

Nos dois primeiros meses do ano, os estudantes da rede municipal tiveram garantido as duas últimas etapas de entrega do Vale Merenda, benefício que consiste na entrega de um ticket no valor de R$ 45, por mês, durante todo o período de pandemia do ano letivo de 2020. Com o início das aulas remotas de 2021, a primeira etapa desse ano também já foi entregue, promovendo a continuidade da alimentação.

No mês de fevereiro, o ano letivo de 2020 foi finalizado, um dos poucos municípios da Bahia que conseguiu. Os cerca de 35 mil alunos da rede pública municipal tiveram aulas remotas e os estudantes com especificidades (como autismo, síndrome de Down, paralisia cerebral e microcefalia) contaram com um trabalho direcionado de intérprete de libras e cuidadores educacionais. Ainda neste mês, começou a Matrícula On-line 2021, com um sistema rápido e fácil.

Para marcar o encerramento do ano letivo 2020 e planejar o 2021, foi realizada a Pré-Jornada 2021, momento em que foram compartilhados alguns resultados do percurso do trabalho com o Mais e Melhor Educação: em casa. Uma ação especial aconteceu ainda para dar as orientações do retorno das aulas para gestores, vice-gestores, coordenadores e secretários escolares, que teve na pauta: acolhimento; devolutivas, com avaliação do projeto, avaliação diagnóstica de saída; e repositório escolar.

O mês de março foi voltado para a orientação e monitoramento do repositório, documentação do trabalho realizado no ano letivo 2020, e acompanhamento da escrituração do ano letivo 2020. Ainda foi obtido o resultado das atividades diagnósticas de saída, que teve os seguintes percentuais de alcance: 95% da educação infantil, 90 % dos anos iniciais, 80% dos anos finais e 80% da Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Já em abril foi realizada a Jornada Pedagógica em três etapas, com o tema Reinvenções de si e da escola em tempos de pandemia: histórias que narram a condição humana de “esperançar”, com a participação de Mia Couto e Conceição Evaristo. A iniciativa visou capacitar os docentes e a comunidade escolar para organizarem as propostas pedagógicas, de modo a continuar ofertando em 2021 o ensino remoto em tempos de pandemia e aprimorar a inteligência colaborativa da rede.

Ainda no início de abril começou a programação de compras de itens da alimentação escolar com o objetivo de estabelecer um cardápio para atender a prontidão do retorno semipresencial das aulas. Foi programada a entrega de produtos como, por exemplo: arroz, feijão, açúcar demerara, biscoitos integrais, proteínas do tipo peito de frango e carne, desde que tenha validade superior a seis meses. Além de ter sido programadas as da agricultura familiar, como de tomate, cebola, hortaliças, frutas e verduras, dentre outros.

Nos 100 primeiros dias da gestão também foi destacada a busca ativa de estudantes, incluindo os das escolas especializadas, que são quatro no município. Essa ação foi motivada para que fossem ofertados benefícios, a exemplo do Vale Merenda. No acolhimento foi evidenciado uma aproximação nas relações família e escola, na convivência a partir do diálogo da interação e da troca de informações acerca da aprendizagem.

Pensando no retorno às aulas semipresenciais, foi publicado o protocolo de medidas a serem adotadas para segurança sanitária em ambientes escolares e iniciada a adaptação das unidades. Dentre as medidas adotadas, estão a aferição da temperatura na entrada da escola, garantias do fornecimento de materiais e equipamentos de proteção individual, uso obrigatório de máscaras, redução do número de alunos por sala, para manter distanciamento, disponibilização de lavatórios exclusivos para a higiene das mãos e dispensadores com álcool em gel e líquido a 70%.

O projeto Mais e Melhor Educação: em Casa, foi instituído pela portaria nº. 06, de 30 de abril de 2020 e publicada no Diário Oficial do Município de Camaçari n.º 1.411, em11 de maio de 2020. O programa, construído em rede pelas 102 unidades escolares da educação infantil e do ensino fundamental I e II de Camaçari, tem o objetivo de viabilizar a aprendizagem e o desenvolvimento do educando dentro de uma rotina de estudos em casa, em função da emergência de saúde pública decorrente da Covid-19.


Foto: Arquivo Seduc

Agência de Notícias
Coordenadoria de Jornalismo e Imprensa
Diretoria de Comunicação - Prefeitura de Camaçari

About www.conexao cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga