» » Timóteo deixa herança milionária para filha de criação e irmãos tentam anular testamento

De acordo com o jornal 'Extra', a garota, que foi criada pelo artista desde os 2 anos, tem direito a 50% do seu patrimônio, avaliado em R$ 16 milhões.

 Foto: Instagram/ Arquivo Pessoal

Os irmãos do cantor Agnaldo Timóteo, que morreu em abril deste ano em decorrência de complicações da Covid-19, tentam anular o testamento deixado pelo artista após descobrirem que ele deixou metade de sua herança milionária para a filha de criação, Keyty Evelyn, de 14 anos.

De acordo com o jornal ‘Extra’, a garota, que foi criada pelo artista desde os 2 anos, tem direito a 50% do seu patrimônio, avaliado em R$ 16 milhões. O restante deve ser dividido entre seus dois afilhados e dois dos seus seis irmãos.

O testamento feito por Agnaldo foi assinado um mês antes de morrer, nele, o cantor ainda nomeou como inventariante e tutor da filha seu amigo há mais de 45 anos, o advogado Sidney Lobo Pedroso. Apesar de criar a garota desde os 2 anos, Keyty não é oficialmente registrada como filha do artista. Em vídeo, Agnaldo pediu para que a garota tivesse seus documentos atualizados para que constasse de forma oficial que ela era filha dele.

“Dr. Sidney, essas fotos que eu mandei para você, são da minha filha, que eu adoro desde março de 2008, quando a conheci, na porta do meu gabinete, ao lado da mãe, quando eu era vereador em São Paulo. Preciso legalizá-la para que ela seja Keyty Evelyn Timóteo. Ela já tem um documento como minha herdeira, mas quero que ela seja minha filha oficial. Gostaria que você providenciasse tudo. Ela é a razão da minha vida”, disse o cantor.

Segundo a publicação, os irmãos não aceitam a decisão tomada por Agnaldo e alegam que na época que ele manifestou o desejo de fazer o testamento ele estava desorientado.

Ruthinete, irmã do cantor, chegou a pedir na Justiça que fosse nomeada como inventariante do artista, mas teve o pedido negado. Segundo uma amiga de Agnaldo, a família sempre renegou Keyty e chegou a afirmar que ela voltaria para o lixo após a morte dele. “Ela disse a seguinte frase: ‘A Keyty tinha vindo do lixo, e pro lixo ia voltar’. Essa menina era tudo na vida do Agnaldo, e isso me deixou muito triste”, disse a testemunha.

O sobrinho e ex-assessor de Timóteo, Timotinho, ainda chamou atenção para o fato de que se a Justiça conceder a adoção póstuma, existe a possibilidade de Keyty herdar 100% dos bens do artista.

“Os irmãos de Agnaldo nunca aceitaram a menina. E agora, depois de todo esse episódio de saber que ela tem direito a 50% do patrimônio dele, e que, possivelmente, concluída a adoção, ela, possivelmente, pode levar 100% dos bens, os irmãos estão querendo dificultar”, disse ao jornal ‘Extra’.

Fonte:jornal ‘Extra

About www.conexao cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga