» » 1ª semestre da Sedec foi marcado pela preparação para a Retomada Econômica no município

O primeiro semestre de gestão da Secretaria do Desenvolvimento Econômico (Sedec) intensificou-se pela formalização e qualificação dos empreendedores para a retomada econômica do município. Até o final de junho, 17.674 empreendedores foram formalizados. Com isso, Camaçari ocupou a liderança e se tornou o município da Região Metropolitana com maior número de Microempreendedores Individuais (MEIs).

Os processos de formalização e atendimentos foram feitos através da Central do Empreendedor, espaço responsável não só por possibilitar que trabalhadores informais se tornem MEIS, mas por auxiliar na viabilidade e liberação de alvarás de baixo risco.

Pensando na retomada da economia no município, a Sedec iniciou o programa Retoma Camaçari, fruto do maior convênio assinado entre os 417 municípios do estado da Bahia, renovado no semestre junto ao Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) visando qualificar empresários e microempreendedores do município.

As inscrições para participar do programa iniciaram no dia 22 de abril e centenas de consultorias estão sendo executadas desde o dia 30 de março. No programa Gestão Eficiente, 67 empresas seguem sendo atendidas pelo convênio com consultorias nas áreas de finanças e marketing. Na iniciativa Gestão Eficiente para Bares e Restaurantes, o programa segue acompanhando e realizando consultorias para 15 empresas do segmento por oito meses.
O convênio da Sedec com o Sebrae também atuou junto a indústria local com o programa Indústria Forte que contou com a inscrição de 26 pequenas indústrias nas áreas de confecção e alimentos do município. No Renova Varejo, que visa auxiliar exclusivamente as empresas varejistas, a entidade segue atendendo 15 empresas aprovadas, que serão acompanhadas por um período de seis meses.

No programa Retomada Digital, o convênio teve a inscrição de 118 empresas que receberão apoio na criação de sites e e-commerce, auxiliando também na inovação e em mais presença digital.

Crédito ao Microempreendedor

A Sedec buscou ainda, nos primeiros meses, o apoio das instituições financeiras e atuou na intermediação para a instalação da primeira agência do Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil (Sicoob) no município, de modo a permitir a oferta de crédito para o microempreendedor.

Além do Sicoob, a Sedec estabeleceu parcerias com o Banco do Brasil e renovou convênio com o Desenbahia para suprir a demanda de crédito, permitindo um atendimento individualizado e sem burocracia para empreendedores da sede e costa de Camaçari.

Costa de Camaçari

Na Costa de Camaçari, a Sedec descentralizou os serviços prestados aos trabalhadores com a entrega de um núcleo do Centro de Integração e Apoio ao Trabalhador (Ciat), localizado no Centro Comercial de Arembepe, com a proposta de intermediar, facilitar e solucionar a vida das pessoas que vivem na orla e buscam por uma oportunidade de emprego.

O prédio onde o núcleo foi instalado ainda abriga a Central do Empreendedor da Costa, o que é mais um ponto positivo, visto que os cidadãos passam a encontrar vários serviços como, abertura, alteração e regularização da empresa, declaração anual, emissão de nota fiscal, emissão de boleto do microempreendedor, alvará sanitário e outros serviços.

Na costa, a Sedec segue incentivando a formalização e consultoria aos empreendedores com as trilhas voltadas para atender o turismo e a economia das praias, por meio de cursos que visam o melhor atendimento ao cliente, higienização, segurança, padronização e melhor marketing para aquecer a economia do setor.

Centro de Integração e Apoio ao Trabalhador (Ciat)

Entre janeiro e junho de 2021, o Ciat firmou parceria com 80 empresas para criação de vagas que geraram 897 oportunidades de trabalho no município, entre elas estão a Orbi, Cauré, Grupo Ama, Atakarejo, Grupo Contínua, Polo Wear, Cambuci, Planlink, Grupo Big, Hiper Ideal Supermercado e Fort. Ao longo desses seis primeiros meses do ano, 2.797 pessoas foram atendidas, sendo 649 contratadas. A fim de promover a qualificação da mão de obra, o Ciat investiu na capacitação de mais de 2.800 candidatos a uma vaga no mercado de trabalho, ofertando 19 cursos gratuitos, como o de elétrica, operador de empilhadeira, auxiliar de produção, e nas normas regulamentadoras (NR) 10, 35 e 12, dentre outras.

Economia Solidária (Ecosol)

Com o objetivo de promover escuta das representações de empreendedores para organização de feiras de artesanato, padronização de bancas e criação de loja colaborativa e a valorização de produtos, a Sedec através da Coordenação de Economia Solidária (Ecosol), se reuniu no semestre com diversas entidades representativas, como a Câmara de Mulheres Empreendedoras, Núcleo de Mulheres Empreendedoras, Associação dos Trabalhadores Informais, Baianas de Acarajé, grupo de Artesãos da sede e da costa de Camaçari, além de representantes de vendedores informais e ambulantes, Rede Emunde, Cesol-BA e com a coordenação de povos tradicionais.

A Ecosol também tem se reunido com outras secretarias como a do Turismo (Setur) e a da Cultura (Secult), a fim de preparar um edital para realização de concurso para escolha de souvenir que simbolize o município.

Foto: Dicom/PMC

Agência de Notícias
Coordenadoria de Jornalismo e Imprensa
Diretoria de Comunicação - Prefeitura de Camaçari

About www.conexao cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga