» » Aos 101 anos, Dona Cadu é homenageada pela Ufba com título de Doutor Honoris

Causa Ceramista, referência nacional, concedia aulas gratuitas aos alunos da universidade em visitas todos os semestres.

A Universidade Federal da Bahia (Ufba) concedeu o título de Doutor Honoris Causa à ceramista de 101 anos, Ricardina Pereira da Silva, conhecida como Dona Cadu. A homenagem será oficializada em uma sessão solene a ser realizada no dia 3 de setembro, transmitida virtualmente no canal do YouTube da universidade.

Foto: Divulgação/Ufba

A solicitação da concessão do prêmio foi feita pelo professor Carlos Etchevarne ao colegiado da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas (FFCH) e aprovada pelo Conselho Universitário da Ufba. Segundo o documento, a sambista recebia, todos os semestres, visitas dos alunos da universidade. “Com simpatia e cordialidade, mas com a responsabilidade de quem tem convicção de que é uma referência nacional em termos de produção cerâmica, recebe-os e dá, gratuitamente, aulas de cerâmica, com a dignidade de um professor universitário”, diz o texto.

O documento ainda afirma que Dona Cadu “representa claramente a figura de mestre de saberes populares, fiel a seus conhecimentos técnicos, gestos e dizeres tradicionais, trabalhando como louceira desde criança, na Vila de Coqueiros, Recôncavo baiano. Como todos os mestres, ela é reconhecida por sua integridade, sua condição de liderança, sua popularidade, e, obviamente, pela constância e fidelidade na reprodução de objetos cerâmicos de uso alimentar”.Metro1

About www.conexao cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga