» » Com atividades semipresenciais, Apae celebra Semana Nacional da Pessoa com Deficiência


Seguindo com a agenda de visitas às unidades da Rede Pública Municipal de Ensino em Camaçari, a gestora da Secretaria da Educação (Seduc), Neurilene Martins, fez visita à Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), a fim de prestigiar os trabalhos que estão sendo realizados em homenagem à Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla, celebrada de 21 a 27 de agosto.

Nesta perspectiva, e visando a retomada das atividades semipresenciais, a instituição planejou uma semana com diversas ações, para promover a inclusão social desse segmento da população. As atividades contam com a presença das famílias, de cuidadores, monitores e equipe de apoio, a fim de reafirmar a importância da participação de todos no processo educacional e de desenvolvimento.

Para a secretária Neurilene é fundamental destacar a importância das iniciativas de mobilização em prol dos direitos dos cidadãos com deficiência. “Esta é uma bandeira que precisa ser levantada por toda sociedade, não somente por aqueles que têm em suas famílias crianças, jovens, adolescentes e idosos com necessidades especiais. Queremos aqui reafirmar o nosso compromisso com foco em um atendimento inspirador. É uma honra ter a Apae como centro de inteligência capaz de nos nortear com lutas de enfrentamento por políticas públicas de inclusão desse público”, disse ao reforçar que “é dia de festa, de agradecimento, de gratidão, mas também de consciência de que esse tema não cabe em uma semana”.

A unidade atende a 190 alunos com deficiência intelectual múltipla, auditiva, com autismo e síndrome de down. De acordo com Adalgisa Gomes, gestora da Apae, durante um ano e meio o trabalho foi realizado em home office, com aulas on-line, e com a retomada das aulas semipresenciais, os alunos são assistidos pela manhã, das 8h30 às 11h30, e pela tarde, das 13h30 às 16h30.

“Fazemos um trabalho de inclusão social e nesta semana estamos em festa. Tivemos no sábado (21/8), o 20º batizado de capoeira, com o Grupo de Capoeira Inclusivo (GCI) da Apae, ministrado pelo colaborador e mestre Ismael,  na segunda-feira (23/8) palestras com psicólogos que abordaram sobre o retorno das aulas, a fim de passar e transmitir mais segurança aos pais, responsáveis e colaboradores da unidade, e nesta quarta-feira (25/8) estamos com a oficina de cerâmica para alunos, com a presença da família, professores e demais envolvidos na instituição”, disse Adalgisa ao informar que a programação encerra na sexta-feira (27/8).

Feliz com as atividades aplicadas, a mãe Marlene Santos, moradora do bairro Lama Preta fez questão de acompanhar a filha Ariane Costa. “Aqui na Apae é feito um trabalho muito lindo com os nossos filhos. Os acolhedores são muito atenciosos e sempre que eu posso faço questão de acompanhar, porque são dias maravilhosos”, contou emocionada.

Os motivos de celebração não ficaram restritos à data festiva. Na oportunidade, o capitão da Base Comunitária de Segurança do Phoc II, Mauro Lelis, representando o 12º Batalhão da Polícia Militar (BPM) do município, fez doação de cestas básicas para o órgão. “É um privilégio poder contribuir com estas cestas básicas às famílias. Estamos abrindo essas portas para que possamos sempre, em parceria, estar trabalhando em prol da comunidade”, disse ao mencionar que a instituição está com a campanha “Força Solidária”, com objetivo de arrecadar alimentos e com isso incluíram a Apae na relação de beneficiados.

Ao todo, foram doadas 15 cestas básicas. A mediação foi possível, através do diálogo entre a PM e Marcondes Souza, presidente da Apae de Camaçari.

Foto: Josué Silva

Agência de Notícias
Coordenadoria de Jornalismo e Imprensa
Diretoria de Comunicação - Prefeitura de Camaçari

About www.conexao cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga