» » Equipes técnicas da Sedur e do INEMA visitam obra em Busca a Vida

Em conjunto com o Inema, a Secretaria do Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente (Sedur), através da Diretoria Ambiental (Diram), realizaram uma vistoria na obra de implantação dos dissipadores de energia em trecho da praia de busca vida, localizada em Vila de Abrantes. A iniciativa tem o objetivo de fiscalizar e monitorar o projeto aprovado pela Prefeitura de Camaçari e por diversos outros órgãos ambientais responsáveis pela liberação da intervenção.

Na ocasião, foram observados detalhes como as cotas, medidas e localização dos dispersores de energia, instrumentos que têm a finalidade de conter o processo erosivo neste trecho da costa, causado pelo avanço do mar. De acordo com técnicos da Sedur, a intenção é certificar se as obras estão de acordo com o projeto aprovado.

Representantes do Inema reforçam a importância de acompanhar de perto o que está sendo feito e lembram que um trecho na praia busca vida está inserido na unidade conservação da APA [Área de Preservação Permanente] Joanes/Ipitanga. O trabalho dos profissionais do órgão foi o de também verificar o andamento da obra, através de uma análise técnica, e pontuar se as medidas que estão sendo adotadas estão em conformidade com o que foi apresentado nos órgãos ambientais.

                                                 
O morador, Márcio Vieira, Engenheiro Mecânico, tem acompanhado a obra, e colocou que “estamos com esse desafio de resolver a erosão na praia de busca vida, após vários estudos, concluímos que seria essa a melhor alternativa em função das condições específicas da praia, pela erosão que está nos alcançando” disse ao colocar que estão seguros quanto a solução escolhido ser acertada e que será uma referência.      

Jorge Simões, outro morador do local, também faz questão de observar de perto a execução da obra. Ele lembrou como se deu o processo até a escolha da solução em andamento e explicou que com o quadro de avanço do mar, que causou erosões, os moradores do condomínio elegeram um grupo que ficou responsável pela busca de especialistas e a realização de pesquisa e estudos que apontassem a melhor alternativa para conter o avanço do mar. O mesmo grupo ficou incumbido de fazer as tratativas junto aos órgãos responsáveis pela liberação da obra.

“Os diálogos junto aos órgãos são constantes, a Prefeitura de Camaçari desde o princípio no orientou a procurar todos os órgãos necessários para garantir a melhor escolha e também o bom andamento da obra”, esclareceu Simões, ao pontuar que além do encontro desta quarta com técnicos da Prefeitura e do Inema, na semana anterior receberam profissionais do Projeto Tamar que acompanham as questões relacionadas a desova das tartarugas, que segundo ele, é uma grande preocupação do projeto. “Estamos buscando uma interação maior com os órgãos para fazer a obra trazendo o mínimo de interferência”, concluiu, Jorge Simões.

Foto: Arquivo Sedur
Agência de Notícias
Coordenadoria de Jornalismo e Imprensa
Diretoria de Comunicação - Prefeitura de Camaçari

About www.conexao cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga