» » Isaquias e Hebert se encontram após ganharem ouro

  Atletas brilharam neste domingo (7) ganhando medalhas na canoagem e no boxe.

Foto: SILVIO MORI/RECORD TV

O canoísta Isaquias Queiroz e o pugilista Hebert Conceição se encontraram na Casa Time Brasil, em Chuo, no Japão, após ambos conquistarem medalhas de ouro neste domingo (7) na Olimpíada de Tóquio 2020. E ambos são da Bahia.

Isaquias cumprimentou Hebert pela vitória épica por nocaute contra o pugilista da Ucrânia, Oleksandr Khyzhniak. A luta foi disputada na Arena Kokugikan, icônico local onde são disputadas lutas de sumô na capital japonesa. "O atleta que eu enfrentei tem um jogo difícil de trabalhar, é um cara muito forte, intenso, é espetacular a forma física com que ele sempre se apresenta nas lutas. É um lutador incrível, respeito muito", disse Hebert.

Este direto de esquerda no rosto do ucraniano Oleksandr Khyzhniak mudou uma luta que estava perdida para a conquista da medalha de ouro de Hebert Conceição neste sábado (7), na Olimpíada de Tóquio. 

"Treinei muito, levei muito a sério todo o trabalho que foi passado durante o ciclo, durante toda minha iniciativa desde que comecei no boxe. Eu tinha perdido dois rounds, tinha mais um. Apesar de a pontuação ser adversa, eu sabia que em 3 minutos dava para reverter com um nocaute. Se vocês perceberam no começo do round eu já fui para uma luta franca e falei 'se tomar nocaute aqui não interessa, estou perdido, agora eu vou buscar o meu'. E sabia que na trocação era loteria. Consegui conectar um bom cruzado, que eu treino muito também quando estou simulando situações de trocação. Essa medalha de ouro é para o Brasil.”

Já Isaquias dedicou a vitória ao seu falecido treinador, Jesus Mórlan, que o levou a ser o primeiro atleta brasileiro a conquistar três medalhas em uma mesma edição de Jogos, no Rio 2016.

“Muito feliz de poder ganhar essa medalha de ouro para o Brasil. Uma emoção muito grande, me dediquei muito desde 2016 até esse exato momento. A medalha no C2 não veio. Nosso objetivo era representar nosso querido treinador, Jesus Morlán, que faleceu em 2018 e conquistou nove medalhas, com essa de hoje, importantes na nossa carreira. Muito feliz de poder estar realizando esse sonho”, disse Isaquias.

Fonte: R7.com


About www.conexao cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga