» » Cai número de homicídios em Feira de Santana no mês de outubro

  Queimadinha foi o bairro mais violento do mês.

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Outubro de 2021 o menos violento, no mesmo período nos dois últimos anos em Feira de Santana (veja o gráfico). Foram 24 homicídios, um feminicídio e nenhum latrocínio (roubo seguido de morte), totalizando 25 Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs), sendo as vítimas 24 homens e uma mulher.

Deste total de CVLIs, um homem foi morto a facadas, um a golpes de pá e os demais a tiros. A mulher, vítima de feminicídio, foi morta por espancamento.

Além dos homicídios, foram registrados dois excludentes de ilicitude (legítima defesa) e cinco mortes em decorrência de intervenção policial (troca de tiros).

Bairros

A Queimadinha foi o bairro que mais registrou homicídios em outubro de 2021. Foram quatro mortes violentas. Na zona rural, apenas o distrito de Matinha teve registro de assassinatos no mês.

Áreas das Companhias independentes da Policia Militar que registraram assassinatos
64ª CIPM: 02
65ª CIPM: 10
66ª CIPM:14
67ª CIPM: 01

Número de homicídios em 2021 mês a mês:

Janeiro - 33 homicídios

Fevereiro - 27 homicídios

Março - 34 homicídios

Abril- 46 homicídios

Maio - 45 homicídios

Junho - 32 homicídios

Julho - 20 homicídios

Agosto - 36 homicídios

Setembro - 22 homicídios

Outubro - 25 homicídios

Sobre a redução, o delegado Roberto Leal, coordendor regional de polícia (1ª Cooping) destaca o trabalho conjunto entre a Polícia Militar e a Polícia Civil, no combate ao tráfico de drogas e apreensão de armas, além da grande quantidade de flagrantes lavrados, cumprimentos de prisões e elucidações de homicídios.

“Esse somatório de tudo e das ações que estão sendo feitas pela polícia penal no presídio de Feira de Santana em relação a determinadas situações, tudo isso aponta para a redução dos índices. Nós temos aí dois meses pela frente novembro e dezembro, então ainda temos que ter cuidado com relação a esses índices porque no mês de novembro foram 32 homicídios em 2020 e 17 no mês de dezembro, então, são índices baixos em relação ao que vem ocorrendo em Feira de Santana.

Ele destacou que apesar da redução, os índices continuam altos.

“A gente não vai colocar nada debaixo do tapete. Os índices de Feira de Santana são índices altos e a gente precisa trabalhar muito para reduzir. Quando você fala de 25 homicídios, foram 25 vidas ceifadas. Destas, a gente ver situações aí de conhecimento de todos que algumas dessas vítimas não eram envolvidas com nenhum tipo de crime, então,a gente se preocupa bastante, independente do tipo que seja o envolvimento dessa pessoa, dessa vítima, não queremos que nem uma pessoa dessa venha a falecer então nosso trabalho é diretamente atuar nesses índices”, afirmou.

Com informações: Acorda Cidade

About www.conexao cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga