» » Após enchente, Saúde alerta população sobre exposição a águas contaminadas

 Secretária de saúde alerta para o risco de transmissão de doenças como leptospirose.

 Foto: Camila Souza/GOVBA

A secretária municipal de  Saúde, Lívia Mendes Aguiar, alerta a população de Itabuna e demais municípios sobre os cuidados que devem ser adotados em relação ao contato com águas de enchentes. Cuidados devem ser tomados por conta do risco de transmissão de leptospirose, Hepatites A e B, micose, tétano, sintomas gripais entre outros doenças. Além disso, orienta o uso da máscara facial.

Ela lembra que as enchentes carregam esgoto, lixo e lama que potencializam a contaminação por bactérias e causam febre alta, manchas vermelhas no corpo, mal-estar, cansaço, náuseas e diarreia. Quanto mais rápido houver administração de medicamentos, se evitará o desenvolvimento de um quadro mais grave para essas doenças.

“Faremos a profilaxia pós-exposição para leptospirose. Estamos providenciando montar outros pontos para gripários, já que neste momento há muitas pessoas gripadas”, disse a secretária de Saúde, Lívia Mendes.

No caso de exposição à água contaminada, os medicamentos indicados para homens são a Doxiciclina, com o uso de dois comprimidos ou dose única, enquanto para mulheres em idade fértil, Amoxicilina, um comprimido de oito em oito horas. Ela lembra que os medicamentos precisam ser receitados por médicos nas Unidades Básicas e de Saúde da Família, na UPA 24 Horas ou unidade hospitalar.

A titular da Secretaria Municipal de Saúde também informou que a vacinação contra o Covid-19 está acontecendo nas Unidades Básicas e de Saúde da Família para aplicação da primeira, segunda e terceira dose. Nesta semana na quarta-feira, dia 29, das 8 as 11 e das 13 às 16 horas depois de hoje.

Para a primeira dose, o público são crianças maiores de 12 anos. A documentação é o RG, CPF ou cartão do SUS e comprovante de residência. Para a segunda dose, o público são pessoas que estão com o ciclo de vacinação em atraso, enquanto para a terceira dose serão imunizadas pessoas maiores de 18 anos com conclusão do esquema vacinal há mais de cinco meses (primeira e segunda dose).


About www.conexao cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga