» » Milhares de famílias são assistidas nos primeiros 100 dias da Sedes

Milhares de famílias em situação de vulnerabilidade socioeconômica foram assistidas nos primeiros 100 dias de gestão da Secretaria do Desenvolvimento Social e Cidadania (Sedes), na sede, costa e zona rural do município.

A Sedes é a secretaria que implanta, coordena, executa, controla e avalia as políticas de assistência e promoção social, assegurando o respeito às diferenças e o acesso aos serviços direcionados à proteção básica e especial, e ao desenvolvimento comunitário, assim como, à promoção de medidas que visem a melhoria da qualidade de vida da população carente e em situação de vulnerabilidade do município.


Saiba abaixo um pouco mais dos serviços ofertados pela Sedes nesses 100 primeiros dias de gestão:

Proteção Social Básica

O ano de 2021 iniciou com o recadastramento de milhares de famílias em situação de vulnerabilidade social, cadastradas no programa Juntos Por Camaçari em 2020, e residentes nos bairros Nova Vitória, Parafuso, Santa Maria, Parque Verde I, e nos residenciais Lucaia, Praia de Mutá, Praia da Penha e Parque das Algarobas, todos na sede. Além de moradores de Mutirão de Abrantes, Nova Abrantes, Rua do Cemitério, Rua da Mangueira, Malícia, Pau Sul, Lagoa Seca, Cancelas, Cachoerinha e Fonte das Águas, na região da costa.

O processo é necessário, pois o cadastro tem validade máxima de um ano. Dessa forma é essencial atualizar os dados dos beneficiados, fazer o cruzamento das informações, para assim identificar o perfil de cada família.

No mês de fevereiro, a Sedes lançou o “Cras na Comunidade”, projeto que tem como objetivo levar os serviços ofertados pela Proteção Social Básica até as comunidades mais distantes, facilitando o acesso da população aos atendimentos socioassistenciais e fortalecendo os vínculos. Com o projeto, dezenas de famílias já foram atendidas.

A primeira edição foi realizada na comunidade de Cancelas, zona rural de Monte Gordo, na Costa de Camaçari. Já a segunda, aconteceu na localidade de Vila Verde, em Cajazeiras de Abrantes.

Em março, a ação de páscoa ganhou destaque. A iniciativa, garantiu o almoço da Semana Santa na mesa de 35 mil famílias em vulnerabilidade social, residentes na sede, costa e zona rural do município.
A Secretaria do Desenvolvimento Social e Cidadania, destinou mais de 2 mil cestas básicas para pessoas portadoras de deficiência, idosos acompanhados pelas unidades do social no município e famílias em situação de vulnerabilidade socioeconômica. A medida ocorre em meio ao agravamento dos efeitos sociais e econômicos da pandemia gerada pelo novo coronavírus. As cestas básicas foram adquiridas com recurso federal.

Bolsa Família / Cadastro Único

O município já alcançou a meta de atendimento do Programa Bolsa Família (PBF). No mês de março, foram registradas 27.167 famílias atendidas, o que corresponde a 73.853 pessoas diretamente beneficiadas. Do total de famílias contempladas, 94,1% dos responsáveis familiares são do sexo feminino.

Ainda com base no dado do mês de março, o número de pessoas beneficiárias do PBF equivale a aproximadamente 24% da população total do município, abrangendo 25.542 famílias que, sem o programa, estariam em condição de extrema pobreza.

A cobertura do programa foi de 121 % em relação à estimativa de famílias pobres no município, que é calculada com base nos dados mais atuais do Censo Demográfico, realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Das 27.167 famílias beneficiárias do PBF no município, 27.013 estavam com o benefício liberado, 154 se encontravam com o benefício bloqueado, e nenhuma com o benefício suspenso ou cancelado.

Centro Pop

Estamos enfrentando no Brasil e no mundo a pandemia do coronavírus. A população em situação de rua está entre as mais vulneráveis. Desde o início, mantivemos ininterruptamente o atendimento por meio do Centro de Referência Especializado para a População em Situação de Rua, a 50 pessoas do município, com alimentação, acompanhamento e encaminhamentos.

SOMA

Outro movimento importante, que marca os 100 dias de governo da Sedes, é a campanha “Respeite Meu Nome”, do Núcleo de Políticas Públicas de Cidadania e Direitos de LGBTQI+ (SOMA) da Coordenadoria Igualdade de Direitos e Combate à Discriminação, que visa atender ao público transexual que tenha interesse em modificar o nome, gênero, e que esteja documentado para realizar esse procedimento.

Cajuc

O Centro de Assistência Judiciária e Cidadania (Cajuc) é um órgão que presta assistência jurídica integral e gratuita aos munícipes de Camaçari que comprovarem insuficiência de recursos para arcar com as custas processuais e honorários advocatícios.

O Cajuc atendeu 3.228 pessoas com ações de divórcio consensual e litigioso, conversão de separação em divórcio, pensão alimentícia, ação de guarda, adoção, de interdição (Curatela), alvará, inventário consensual, dissolução de união estável (cumulada ou não com o reconhecimento da união, inclusive, após morte), retificação de registro de nascimento, e ações contra a Embasa e Coelba, em caso de corte do serviço ou cobrança indevida.

Bolsa Social

Paralelo a tudo isso, iniciamos o processo de escuta e encaminhamento das famílias ativas no Programa Bolsa Social, atendendo até agora, aproximadamente 1.700 pessoas.

Foto: Arquivo Sedes

Agência de Notícias
Coordenadoria de Jornalismo e Imprensa
Diretoria de Comunicação - Prefeitura de Camaçari

About www.conexao cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga