» » Sehab conclui estudo preliminar do Casa Verde e Amarela no bairro do Natal

A Prefeitura de Camaçari, através da Secretaria da Habitação (Sehab), finalizou a ação de campo no bairro do Natal, que teve como objetivo levantar dados das famílias interessadas em participar do Casa Verde e Amarela, novo programa de habitação do Governo Federal, que substitui o Minha Casa Minha Vida. A ação, que teve início no começo do mês, realizou o cadastramento de 117 famílias no Casa Verde e Amarela. A próxima comunidade a ser visitada será a Gleba B.

Neste primeiro momento, o programa federal contempla dois eixos: o de Regularização Fundiária (escritura do imóvel) e Melhorias Habitacionais (reforma do imóvel). “Saímos de ‘porta em porta’ levando informação para os moradores do bairro. Nosso objetivo era fazer com que eles entendessem como funciona o programa e como ele poderá trazer benefícios para as famílias contempladas”, disse a assistente social, Nilza Pinheiro.

Segundo o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), a intenção é iniciar o processo de regularização fundiária de mais de 100 mil imóveis de famílias de baixa renda até o fim de 2021, em todo o país. Não poderão ser incluídas casas localizadas em áreas não passíveis de regularização ou de risco.

Ainda conforme o MDR, as casas que receberão as melhorias, parte delas serão unidades regularizadas pelo programa. Cerca de 20 mil imóveis poderão receber algumas obras, como instalação de banheiro, cobertura ou piso, e instalações elétricas ou hidráulicas.

Para estarem aptas à etapa de melhorias, as famílias interessadas devem ter renda mensal de até cinco salários mínimos, precisam estar inseridas no CadÚnico do governo federal, além de não possuírem outro imóvel, e o proprietário ser maior de 18 anos ou emancipado.

Vale ressaltar que o Casa Verde e Amarela é um programa que concede financiamento oferecido pelo Governo Federal e possui taxa única de R$ 50 para a Regularização Fundiária, e de 1% do valor equivalente do financiamento individual, no que diz respeito a parte de Melhorias Habitacionais, para famílias com renda de até dois salários mínimos.

Outras Localidades

“Continuaremos a visitar as casas, deixando o nosso conteúdo informativo impresso e informando sobre a importância de ter o título de propriedade do imóvel”, explicou o coordenador de atividades em campo, Manuel Costa. Ainda de acordo com o coordenador, a ação continuará seguindo por outros bairros do município ao longo dos meses. “Amanhã iniciamos na Gleba B, mas ainda chegaremos ao Parque Florestal e ao bairro de Irmã Dulce. O objetivo é finalizar os cadastros até meados de agosto”, pontuou ele.

Foto: Arquivo Sehab

Agência de Notícias
Coordenadoria de Jornalismo e Imprensa
Diretoria de Comunicação - Prefeitura de Camaçari

About www.conexao cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga