» » Estudo do Casa Verde e Amarela inicia no bairro Acajutiba

 

A Prefeitura de Camaçari, através da Secretaria da Habitação (Sehab), chegou em mais um bairro para continuar as pesquisas de intenção de adesão ao Casa Verde e Amarela, novo programa de habitação do Governo Federal. As equipes técnicas da pasta seguem “de porta em porta”, passando informações sobre o programa que, neste primeiro momento, contempla Regularização Fundiária (escritura do imóvel) e Melhorias Habitacionais (reforma do imóvel).

De acordo com o coordenador de atividades em campo, Manuel Costa, o tempo de pesquisa tem sido fundamental para que as pessoas entendam mais sobre o Casa Verde e Amarela. “O trabalho de campo faz muita diferença. Por exemplo, nos últimos 15 dias estivemos no Jaraguá e lá mais de 200 famílias participaram do estudo. Hoje, iniciamos aqui no bairro Acajutiba e temos a perspectiva de que muitas pessoas também irão querer participar”, diz.
Uma dessas pessoas que demonstrou interesse em aderir ao programa foi a autônoma Lúcia Maria, que mora no bairro há 22 anos. “A possibilidade de ter a escritura é muito boa. Eu esperava por isso há muito tempo. Dá liberdade para que eu possa ter autoridade sobre o meu imóvel, até para se eu quiser vendê-lo. Com a escritura é tudo muito melhor”, pontuou.

Outro morador que também reside no bairro há 22 anos é o aposentado George Azevedo, que vê no programa uma chance de regularizar o seu imóvel. “Eu espero muito que o projeto vá para a frente. Acredito que a Prefeitura e o Governo Federal, juntos, possam nos conseguir a escritura, porque é uma carência que temos. E a escritura dá uma segurança para quem tem sua casa”, detalhou.

Casa Verde e Amarela

O objetivo do programa é iniciar o processo de regularização fundiária de mais de 100 mil imóveis, de famílias de baixa renda, em todo o Brasil, até o fim deste ano. Lembrando que não poderão ser incluídas casas localizadas em áreas não passíveis de regularização ou de risco.

Algumas das unidades contempladas pela regularização fundiárias poderão receber as melhorias. Cerca de 20 mil imóveis, de todo território nacional, poderão receber algumas obras, como instalação de banheiro, cobertura ou piso, e instalações elétricas ou hidráulicas.

Para estarem aptas à etapa de melhorias, as famílias interessadas devem ter renda mensal de até cinco salários mínimos, precisam estar inseridas no CadÚnico do Governo Federal, além de não possuírem outro imóvel e o proprietário ser maior de 18 anos ou emancipado.

Vale ressaltar, que o Casa Verde e Amarela é um programa que concede financiamento oferecido pela União e possui taxa única de R$ 50,00 (cinquenta reais), para a Regularização Fundiária e 1% do valor equivalente do financiamento individual, no que diz respeito a parte de Melhorias Habitacionais, para famílias com renda de até dois salários mínimos.

Foto: Leandro Silva
Agência de Notícias
Coordenadoria de Jornalismo e Imprensa
Diretoria de Comunicação - Prefeitura de Camaçari

About www.conexao cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga