» » » Partido de Temer é o que mais encolheu na Câmara desde 2015

Foto: Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
O MDB (Movimento Democrático Brasileiro) foi o partido mais perdeu cadeiras na Câmara dos Deputados na atual legislatura, iniciada em 2015. Mesmo com a disposição de Temer de concorrer à reeleição, que poderia dar força ao partido, a vazão de deputados na sigla foi alta.
Após encerramento da janela que permitiu a livre migração de deputados entre as legendas, o MDB sofreu redução de 65 vagas para 51 na Câmara. Com isso, o PT —que tem 60 das 513 cadeiras— passa a ser a bancada com maior número de deputados.  O PP (Partido Progressista) de Paulo Maluf, que também tem 51 deputados, ocupa a segunda colocação.
O encolhimento pode ter sido provocado pela baixa popularidade do governo Temer, como também pelo interesse dos congressistas em buscar nos estados melhores condições financeiras e políticas para se reeleger.
O Rio foi o estado que mais perdeu aliados. Os escândalos de corrupção levaram 7 dos 10 emedebistas a buscarem uma nova casa. O líder da bancada do partido na Câmara, Baleia Rossi (SP), diz que todas as mudanças tiveram motivações locais, sem relação com Temer. "Conheço cada uma das razões e digo que todas tiveram motivação regional, sem exceções", afirma.

About Conexão Cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply