» » » Arquiteto afirma que coronel Lima disse que fez favor a Temer em obra

Os depoimentos colhidos até o momento pela PF apontam que a reforma custou, pelo menos, R$ 1,2 milhão.
Foto : Mastrangelo Reino/Folhapress
O arquiteto e urbanista Diogo Figueiredo de Freitas, um dos responsáveis pela reforma no apartamento da filha do presidente Michel Temer, Maristela Temer, afirmou, em depoimento à Polícia Federal, que o coronel João Baptista Lima Filho se referiu à obra como um favor a um amigo.
Ex-funcionário da Argeplan Engenharia, empresa do Coronel, Freitas disse ainda que Lima Filho o procurou em 2012 para pedir ajuda na escolha de fornecedores para a reforma da casa de Maristela.
A obra é investigada sob a suspeita de que tenha sido bancada por meio de dinheiro de propina direcionado a Temer por meio do coronel Lima. Os depoimentos colhidos até o momento pela PF apontam que a reforma custou, pelo menos, R$ 1,2 milhão - R$ 500 mil a menos do que o informado por Maristela em depoimento.

About Conexão Cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply