» » » Exclusivo: mãe reconhece assassino de filho durante apresentação no DHPP

Crédito da Foto: arquivo pessoal
A apresentação de um suspeito no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Salvador se tornou dramática para uma mulher que prefere o anonimato nessa entrevista. Quando o rosto de Luciano de Jesus Mota, o “Luciano Benga”, 22 anos, foi mostrado pela imprensa, a mãe de um jovem assassinado em julho, não teve dúvida: era ele o autor do crime. O caso aconteceu no bairro do Engenho Velho da Federação no primeiro dia do mês.

A mãe de Danilo Macedo da Silva Santos, 21 anos, contestou a informação dada por testemunhas na época do assassinato. A população local disse na oportunidade que a vítima desceu de um ônibus fazendo símbolo de uma facção criminosa.
“Benga” foi apresentado sob forte esquema de segurança. Foto: Igor Tiago/Aratu Online
A mulher relata que o filho teria conhecido uma menina no bairro da Santa Cruz durante uma festa. Dias depois, ele teria ido ao Engenho Velho da Federação, onde o tráfico de drogas é comandado pelo “Bonde do Maluco”, para encontrar com a garota, mas teria se perdido e flagrado pelos bandidos.
Ainda de acordo com a mãe da vítima, ao entrar na Rua das Palmeiras, Danilo teria sido abordado por “Luciano Benga” e outro homem, identificado pelo apelido de “Mané”. Após descobrirem que Danilo era morador de Santa Cruz, onde a facção “CP” domina o tráfico, a dupla disparou diversos tiros, matando Danilo na hora.
Ao ver a apresentação do suspeito, a mulher, acompanhada dos outros filhos, foi ao DHPP e acabou sendo ouvida por um dos delegados que conduzem a investigação. Ela ouviu do policial que esse homicídio será colocado, após outras apurações, incluído na vasta ficha criminal de “Benga”. “Mané” também está sendo procurado.Aratu Online

About Conexão Cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply