» » » Jovem marcada com suástica é indiciada por falsa comunicação de crime

Conforme laudo pericial, as lesões foram produzidas “ou pela própria vítima ou por outro indivíduo com o consentimento da vítima ou, pelo menos, ante alguma forma de incapacidade ou impedimento da vítima em esboçar reação”.
Foto: Arquivo pessoal
A jovem que relatou ter sido marcada na barriga com um canivete em Porto Alegre foi indiciada nesta quarta-feira (24) por falsa comunicação de crime, de acordo com informações do G1.
Conforme laudo pericial, as lesões, no formato de uma suástica, foram produzidas “ou pela própria vítima ou por outro indivíduo com o consentimento da vítima ou, pelo menos, ante alguma forma de incapacidade ou impedimento da vítima em esboçar reação”.
Ao registrar a ocorrência, no dia 8 de outubro, a mulher relatou que foi agredida por três homens a descer de um ônibus, a caminho de casa.
Durante o exame de corpo de delito, ela afirmou “ter sido agredida, no dia anterior, por duas pessoas que a teriam imobilizado e por uma terceira que teria realizado uma inscrição em sua barriga”.
O delegado Paulo Cesar Jardim declarou não ter dúvidas sobre o caso. “Para nós o laudo é bastante conclusivo. Ou houve um autoflagelo, ou foi com consentimento da vítima”, disse.
O delegado informou ainda que mais de 20 pessoas foram ouvidas na região. “Toda a área que ela percorreu identificamos 12 câmeras, uma visão muito boa, ela não aparece, tampouco alguma agressão. Delito de pequeno poder ofensivo, a pena é de seis meses a um ano, estamos encaminhando ao Judiciário, ela é indiciada”, afirmou.

About Conexão Cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply